264-e1433190650355

Sussurro (por Maria Eugênia Peres)

poesia maria eugêniaEla sentia o vento passar, e quando ele passava sussurrava para ela…

Deixando as marcas de uma história, memórias que só ela compreendia.

Quantas risadas…quantas lágrimas…

E quando ela caminhava pelas ruas, sentia as casas contando suas histórias.

Cada uma repleta de vida, de morte, de si mesma.

Se ao menos ela soubesse quem morava ali… Se ao menos ela conhecesse aquelas pessoas…

Mas ela apenas escutava o sussurro do vento…

Ela só escutava suas vozes internas gritando…

E os dias passavam…

E ela só vivia aquelas histórias, sem saber, ao certo, qual era a dela.

Mas ela sabia, lá no fundo de sua alma, que aquelas histórias se misturavam com as suas… Já faziam parte de quem ela era…

Ahh… que saudade daquele vento que passava e sussurrava para ela!

Ahh… que saudade daquele tempo em que ela podia apenas ouvir aquelas histórias, sem se preocupar com a dela.

E tudo era apenas… um sussurro!

* texto escrito pela leitora Maria Eugênia Peres

Dany Fran

Dany Fran

Autora de "Dias Nublados", jornalista.

  • Irmãs de Palavra

    Ah, que saudades… linda imagem nas lembranças.