SURREAL

MINICONTOS por Maria R. C. Soares

As Irmãs de Palavra foram cativadas pela escrita de Maria Regina Caetano Soares. Ela é nossa colega, como nós tem suas palavras registradas no livro da Tribo. Vem com a gente!!

 

samba

Apoteose

Nem era fevereiro. Naquele dia, o amor resolveu sambar.

 

 

_____________________________________

fama

 

     Fama

Graças ao serviço temporário e ao sol (de rachar), Florisvaldo varria calçadas e enxergava estrelas.

____________________________________

coração chaveado

Sufoco

Trancada no elevador da loja em que fez compras, Terezinha gritou até que alguém chegou para liberá-la. Aliviada, foi pra casa, abriu a grade de ferro do ap, depois destrancou uma, duas, três fechaduras da segunda porta, desligou o alarme, entrou, chaveou a grade, e uma, duas, três fechaduras. Depois, sorriu feliz, com uma equivocada sensação de liberdade.

 

 

 

saudade

 

 

Sinestesia

Um a um

Grãos de uva despencam na garrafa.

E a saudade fica com gosto de vinho…

Kelly Shimohiro

Kelly Shimohiro

"Tudo é um ponto. E o ponto é você!" Autora de "O Estranho Contato".