tentativa10

UMA CONVERSINHA ENGRAÇADA (por Kelly Shimohiro)

Coisas repentinas e absolutamente inusitadas podem acontecer na sua vida. Acredite! Bem, pelo menos comigo é assim.2015-05-06 23.03.07_resized

Um dia desses, eu estava caminhando pelo Lago Igapó, quando escutei dois mosquitos conversando. Na verdade, eles zumbiam, mas eu entendi tudo o que eles falavam! Eu, que nem sabia que falava a língua dos mosquitos! Mas a gente sempre pode se surpreender.

E o que eu ouvi, foi mais ou menos assim:

– Oi, amigão! – disse um dos mosquitos.

– Oi, cara! – respondeu o outro.

– Estou tão feliz, amigo Aegypti!

– Nossa, por quê? Picou muito hoje?

Humolha o tamanho da minha pança!

Então eles riram seus risinhos de mosquito. Depois, continuaram:

– Aqui tem muita comida! A coisa nesse lugar é mais mole do que eu pensava. – e riu debochado, o mosquitinho matreiro – Quando o líder nos mandou pra cá, eu nem gostei! Um país de terceiro mundo, mas ele disse que aqui a nossa vida seria muito mais fácil. A gente teria comida farta e viveria numa boa, aumentando a família “adoidado”. – o mosquitinho deu uma suspirada– Não é que era verdade!

– É… Eu também acho a vida aqui a maior moleza! Parece que o povo nem liga da gente ir dominando o espaço! Eles sabem que a gente gosta de água parada e deixam tudo do jeitinho que a gente quer! Êta povo bonzinho!

– É isso aí, cara! Acho que eles gostam da gente por perto.

– E tem mais, você já reparou nos líderes deles?

– Eu não, por quê?

Aegypti, eles são muito estranhos.

– Estranhos como?

– Eles não são como o nosso líder não. Enquanto o nosso, fica o tempo todo preocupado com a nossa sobrevivência, os deles, só pensam em engordar a própria pança. – e caíram num riso histérico.

– É mesmo, cara. O nosso, nos manda pra cá, pra lá. Tudo pensando

em como nossa vida pode ser melhor.

Isso! – disse o outro – O lema dele não sai da minha cabeça: Um por todos e todos por um! Grande líder aquele cara!

– É, é… Só que os daqui não fazem isso não. Não entendi muito bem, mas gostam de bagunçar o coreto! Eles roubam pra caramba! Acho que não se preocupam com a vida do seu povo, só em encher o próprio bolso!

Riram a beça de novo, os danados dos mosquitinhos. Mas a conversa não parou por aí não!

– Acho que esse povo está ferrado! Não pode confiar no próprio líder!

– Ainda bem que eu sou um mosquito!

Vixe, eu também!

E continuaram rindo por muito tempo.

Depois dessa conversinha engraçada, eu fiquei pensando, que diacho de vidaAté mosquito tem líder melhor que a gente!

pessoa desconcertada

 

Kelly Shimohiro

Kelly Shimohiro

"Tudo é um ponto. E o ponto é você!" Autora de "O Estranho Contato".

  • Tryssia Carmo

    Muito boa a conversa desses mosquitos e é por aí mesmo…

    • Irmãs de Palavra

      O duro que é mesmo, né Tryssia!! Beijos de saudades

  • Maria Regina

    Muito apropriado o discurso. Tem caráter social e analógico, de maneira engraçada e inteligente.

    • Irmãs de Palavra

      Obrigada, Maria Regina! Estamos aí com este propósito. Beijos