20150718_180527 (2)

As IRMÃS DE PALAVRA com a nova escritora Dayane Ribeiro

O mundo é cheio de novidades. Estamos rodeados delas, o tempo todo.

Novas descobertas científicas. Leis aprovadas entram em vigor. Uma outra espécie em flor, abrindo caminho para existir. Softwares atualizados. Doenças novas, surgem como assombro. Profissões nunca pensadas fazem parte dos próximos catálogos.

E escritores também publicam suas primeiras obras. É o fôlego da vida no processo de revitalização. Os pulmões do mundo completamente cheios do oxigênio revigorante.

As IRMÃS DE PALAVRA foram ao lançamento do livro de Dayane Ribeiro, que aconteceu recentemente na Livraria da Silvia, em Londrina.

Esse amor que me faz delirar é o livro de estréia desta simpática autora. Em suas palavras:

“Comecei a gostar de escrever ainda na infância, mas só agora que me tornei uma balzaquiana é que tive a coragem de assumir esta vocação e correr atrás do sonho de colocar alegria no mundo através da palavra escrita.”

Esse amor que me faz delirar conta a história de um triângulo amoroso. Um amor disputado e cheio de surpresas. Com linguagem simples, Dayane aborda as descobertas do mundo adulto e lendo, você quer descobrir o destino dos personagens. Um primeiro romance marca a busca de voz do autor. Esse Amor que me faz delirar anuncia essa procura da autora e oferece horas de ‘disputa’ e ‘paixonite’ ao leitor. Uma trama leve que permite nossa mente emprestar à vida do triângulo amoroso e perambular, por instantes, com seus dramas corriqueiros. Faculdade. Troca de trabalho. De parceiros. Namoro.

Precisa coragem para começar algo novo. Precisa coragem para dar continuidade a velhos projetos. Precisa coragem para se expor e dar ao mundo o seu melhor. Precisa coragem para lançar-se em seus sonhos.

E escrever é como todo ofício. Um contínuo de aprimoramentos e redescobertas. Da sua voz mais límpida e própria. Do seu estilo único. E das apreensões que você quer deixar no mundo.

Cris Abani, um escritor nigeriano, diz que escrever tem a ver com progredir. Stephen King, indica que “Se você quer ser escritor, existem duas coisas a fazer, acima de todas as outras: ler muito e escrever muito. Que eu saiba, não há como fugir dessas duas coisas, não há atalho.” Dayane Ribeiro deu seu primeiro e decisivo passo neste caminho. As IRMÃS DE PALAVRA desejam vida longa à autora. Uma vida literária bela e que contribua para os novos ares da nossa literatura nacional!

20150718_180527 (2)

Kelly Shimohiro

Kelly Shimohiro

"Tudo é um ponto. E o ponto é você!" Autora de "O Estranho Contato".