20150705_211000 (1)

Ciranda do riso “sagrado”

20150823_185611

“Quando uma pessoa vive de verdade, todos os outros também vivem!”

Essa máxima da Clarissa Pinkola Estés vai muito além do óbvio, de como influenciamos ou contagiamos todo o nosso redor. Expõe uma verdade inalienável, a necessidade de vivermos do nosso próprio jeito vibrante, autêntico; para só assim termos uma convívio pleno, cheio de vigor. E nada melhor do que um encontro revigorante para sentir que os dias não passam, acontecem em sua vida.

Quando mulheres se reúnem em um encontro, saem abastecidas e férteis. Isto porque o RISO que corre entre elas é do tipo sagrado. é uma ação potente, que ilumina o cérebro com químicas mágica. É como se rir abrisse janelas dentro de você, deixando uma luz varrer tudo com seu toque de energia. Os efeitos disso são, sim, sagrados! Não um risinho educado e polido, mas um riso poderoso.

“Quando o riso deixa as pessoas alegres por estarem vivas, felizes por estarem aqui, com maior consciência do amor, elevadas pelos erros, quando ele desfaz suas tristezas e as isola da raiva, ele é sagrado. Quando elas se tornam maiores, melhores, mais generosas, mais sensíveis, ele é sagrado”  (Clarissa Pinkola Estés)

Esse encontro das IRMÃS DE PALAVRA com Amabile Sperandio, Solange Sperandio Furtado, Sueli Sperandio e Lúcia Lopes Favoreto, foi desse tipo. Um encontro que fez brotar o riso sagrado.

E isto pode acontecer entre mulheres, entre pares, entre familiares, entre quase desconhecidos, entre… GENTE! Sem hora marcada ou mesmo até planejado. O que importa é a soltura da sua mente e da sua disposição em se despir das coisas que deveriam ser para aquelas que SÃO!

*texto de Kelly Shimohiro e Dany Fran

20150823_185812

Dany Fran

Dany Fran

Autora de "Dias Nublados", jornalista.