20151007_181254

Entre, obrigada, sem ser ‘obrigada’!

20151007_181254

Sabe quando ao seu redor tudo parece funcionar. Apertado. Mas funciona. Trabalho entregue. No ar. História no forno. Em breve, também no ‘ar’. Comida na mesa. Livros. Pilhas na cabeceira. Filhos na escola. No carro. No banho. Na cola. Amor ao lado. Esperando. A princípio tudo girando. Gente que vem. Que vai. E até quem nem traz. Nada! Os compromissos encurralando seu passos.(…) Até que um ‘belo dia’ seu corpo para. Como se o ‘infeliz’ tivesse vida própria! E o que estava na mente se materializa fisicamente. Aí você conjectura que não vão mais te ‘curar’.  Mas como ouvi, esta semana, na minissérie que viciei (sem ninguém me obrigar), Grey´s Anatomy, às vezes é preciso você se salvar por livre e espontânea vontade. Porque…

Você não é obrigada a ter filhos.

Não é obrigada a pagar financiamento de um apê legal.

Não é obrigada a trocar o carro ‘every year’.

Não é obrigada a ver sua cara estampada na parede como o funcionário do mês.

Nem é obrigada a ter agenda, sequer!

Não é obrigada a ler.

Não é obrigada a encontrar um amigo depois do expediente.

Muito menos é obrigada a ouvir rock in roll.

Não é obrigada a jantar junto com a família.

Não é obrigada a falar como foi o seu dia para quem realmente te escuta.

Não é obrigada a comer folhas, dormir 8 horas por dia ou beber 2 litros de H2O.

Agora se faz, OBRIGADA, mas que seja ‘desobrigada‘!!

 

Dany Fran

Dany Fran

Autora de "Dias Nublados", jornalista.