20151011_134730

Realizar – o verbo

E no princípio tudo era o verbo. E no meio tudo faz-se verbo. E no fim só há o verbo.

E o verbo se faz vida! E a vida pede urgência! Uma urgência que não se mede pelos relógios. Porque realizar requer mais do que desejo ou planejamento. Exige um bem maior, sua coragem visceral. Aquela latente à sombra dos seus piores temores. Só agarrada a suas mãos você pode, realmente, correr até alcançar seus propósitos. Por isso, conjugar a sua própria voz cobra um preço soberbo. Mas paga com uma vida que se faz verbo, em todos os tempos!

20151011_13491920151011_134730

E o verbo das IRMÃS DE PALAVRA para este momento é escrever. Escrever o livro. Escrever o destino. Escrever a sequência dos acontecimentos. Escrever os sonhos. Escrever os detalhes do dia que permitem os voos.   Escrever a si mesmo. Escrever as células que contém tudo. A vida.

E do verbo nasce o mundo. E do mundo nasce o homem. E do homem nasce a vida. E da vida nasce a magia. E da magia nasce o destino. E do destino nasce Deus.

E você e nós criando agora com o verbo que somos capazes de inventar. Vamos lá! E se precisar, mude o verbo, mude a vida, mude a história, mude o destino, que os deuses mudam a todo momento, só para criarem um mundo melhor! Viva!

Texto de Dany Fran e Kelly Shimohiro

Fotos de Wellington Silva Rosa, o Tatinho

Kelly Shimohiro

Kelly Shimohiro

"Tudo é um ponto. E o ponto é você!" Autora de "O Estranho Contato".

  • Sofia

    Nossa vida é um verbo!!!!

    • Irmãs de Palavra

      E verbo é ação!! Beijos das IRMÃS DE PALAVRA!