20160212_211448

“Receitinha” das IRMÃS DE PALAVRA

20160212_211448
Pra começar não somos duas. Sempre fomos três. E não importa muito se uma fugiu e saiu assim, sem nem mesmo avisar. Tem um bocado dela dentro da gente. E é assim que vamos continuar.
Pequenos (ou imensos) punhadinhos disso e daquilo dão forma às IRMÃS DE PALAVRA. 
E sabe, não resistimos. Vamos passar a nossa receitinha básica. Lá vai:
– toneladas de estudo
– quilos de esforço
– xícaras de genética
– copos de desejo
– colheres (a seu gosto, pro nosso, são muitas) de histórias – lidas, escritas e vividas 
– porções descomunais de cultura de massa (peneira nelas!!)
– pra dar liga, acrescente pensamento reflexivo e um tantinho de rebeldia (ingredientes úteis, sempre!)
– pitadas de perdas, fracassos e frustrações, adoçados por uma ou outra conquista
– doses generosas de amigos, “dos bons”
– não esqueça do fermento: FÉ
Então, chegou a hora de sovar a massa. Jogue tudo no barulho do dia a dia. Tem sempre movimento por aí.
De tempos em tempos, renove a receita. Alguns ingredientes precisam sair pra botar outros no lugar. 
Tempo de Forno: surpresa!! Ninguém sabe quando vai terminar!
A sugestão é servir acompanhado de quem sacode seus risos mais espontâneos.
As IRMÃS DE PALAVRA não sabem como você faz a sua receita. Nem qual ingrediente você decide acrescentar. E,  ainda assim, temos mais uma dica pra te dar: não adianta tentar copiar. Dá até pra aprender uns truquezinhos, mas, a não ser que você queira ser um bolo fofinho bem parecido com outro bolo fofinho, vai ter que criar sua receita. E depois, fazer de novo. Reinventar. Mais uma vez. E nunca parar, pra massa não desandar!
E se você é daqueles que acreditam que é só seguir – passo a passo – uma receita pra se dar bem, amigo, as IRMÃS DE PALAVRA só têm a dizer: esqueça! Rasgue os protocolos e enfrente a vida à sua maneira. Porque é você, é a sua vida e colar não vai adiantar… APAREÇA.
Texto de Dany Fran e Kelly Shimohiro.
Kelly Shimohiro

Kelly Shimohiro

"Tudo é um ponto. E o ponto é você!" Autora de "O Estranho Contato".