264

a PALAVRA que transpõe

irmãs de palavra 4

Um dia Eliane Brum nos encorajou, em sua dedicatória de Uma Duas, que a palavra é labirinto. Lugares múltiplos. Sentidos Ímpares.  Lendo a prosa poética e as poesias de Marcele Aires, a gente entende isso. É como percorrer sentimentos crus (ou nus?) tocados pela palavra, criada  com sutileza e, ao mesmo tempo, uma força visceral.

 

Procuro a vida e ela me encontra

ali,

exatamente ali naquele azul, cheia de coragens e delírios, honras, desafetos, martírios, trípticas voragens.

Ali,

precisamente ali, ereta, apesar dos nãos, apesar dos desenganos, dos desencontros, dos afagos profanos, da falta de mirra e sal.

Toda essa coisa inebriante e que faz respirar o mundo a plenos pulmões, é como um livro de páginas abertas, onde vou escrevendo minha história. Vou me refazendo ininterruptamente.

 

marcele aires - irmãs de palavraSó alguém que percorre os caminhos do poder intuitivo falaria sobre ir ‘grávida de sonhos’, com os pés encardidos, criando ato de amor. Porque é preciso acender quem você é. De verdade. Pra você. Afinal, como diria, Marcele Aires, a maior coragem é viver. E despertar o que te acorda. E foi em um desses momentos, que chacoalham o seus dias, que as Irmãs de Palavra conheceram Marcele. Em um Sarau da Prosa, em Londrina. Jornalista de formação, ela arrebatou seu trajeto na literatura. Assim como arrebata quem cruza pelo seu caminho. Vibrante! É uma mulher que exala boas energias e, em um breve contato, é capaz de nos contagiar com a vontade de fazer a história acontecer!

 

Que Transpõe o Halo‘ é seu primeiro livro. Além de tecer poesias, Marcele Aires também é professora de teoria literária e literatura da Língua Portuguesa na UEM, em Maringá. Deste primeiro encontro, ficaram sorrisos iluminados e desejos de continuar ‘mirabolando’ novas prosas.

 

O amor brota,

O amor estapeia a cara,

traz nos punhos cerrados um soco no estômago,

quebra os vidros da calma,

cultiva cada célula como se a aurora

dependesse de um instante infindável

e de um cheiro tão leve

que o mundo poderia murchar a sua carne.

irmãs de palavra 1 irmãs de palavra 2 irmãs de palavra 3

 

 

Dany Fran

Dany Fran

Autora de "Dias Nublados", jornalista.