y

Dê uma pausa e leia uma história de samba no pé

de-uma-pausa-300x153

e leia uma história de samba no pé

Sim, somos o povo que tem samba no pé

E nos orgulhamos disso

O povo que sai por aí sempre a procurar

Que ri pra não chorar

O povo que muda a conduta e sabe que o show tem que continuar

Só não podemos mais ser o povo que mata o sonho de tanta criança

E nos envergonhamos disso

 

Sim, somos o povo que tem samba no pé

E nos orgulhamos disso

O povo do Pelé e do Zé Mané

Somos o povo da alegria e do molejo

Só não podemos mais ser o povo conhecido por “lavagem”

E nos envergonhamos disso

 

Sim, somos o povo que tem samba no pé

E nos orgulhamos disso

O povo do Drummond, dos amigos e dos vizinhos

Somos o povo da poesia e da cantoria

Só não podemos mais ser o povo da falta – de educação, de saúde, de ética na nação

E nos envergonhamos disso

 

Sim, somos o povo que tem samba no pé

E nos orgulhamos disso

O povo da bossa nova, do chorinho e da terra onde canta o sabiá

Somos o povo da Amazônia, do Sul, daqui e de acolá

Só não podemos mais ser o povo das malas, do jatinho e do jeitinho

E nos envergonhamos disso

 

Sim, somos o povo que tem samba no pé

E nos orgulhamos disso

O povo do Maracanã e do Itaquerão

Somos povo hospitaleiro e guerreiro

Só não podemos mais ser o povo que ignora política, economia e cidadania

E nos envergonhamos disso

 

Sim, somo o povo que tem samba no pé

Que tem paixão no coração

O povo de rosto branco, índio, amarelo, português, negro, holandês, americano, italiano, francês, africano, alemão, javanês e japonês

Somos o povo da bandeira mais bonita

E podíamos fazer o mundo todo ter orgulho disso

 

Sim, somo o povo que tem samba no pé

E nos orgulhamos disso

Do batuque, da mistura, de todas tribos. Do Noel Rosa e Cartola.

Só não podemos mais ser  povo escravo

Das castas. Dos acordes alheios. Do ritmo imposto por outro coração que não seja o SEU. Que não sabe amar. Nem admirar a ‘nossa’ história!

E nos envergonhamos disso

 

Sim, somos o povo que tem o samba no pé

Só que agora, precisamos mais

Muito mais que isso

carnaval

texto: Irmãs de Palavra

Kelly Shimohiro

Kelly Shimohiro

"Tudo é um ponto. E o ponto é você!" Autora de "O Estranho Contato".