neil gaiman

A noite (im)perfeita de Maria Flor

Da série MULHERES INVISÍVEIS

A noite (imperfeita) de Maria Flor

 

Abriu os olhos.

Merda. Não era sonho.

Nem pesadelo.

Era real.

Continuavam deitados.

Um ao lado do outro.

Costas com costas.

Um palmo de distância.

Quando foi que começou a ficar difícil tocar a pele dele?

Ela queria esticar o braço. Mexer em seu rosto. Sentir a boca dele em seus lábios.

Não moveu um dedo. Mas abriu a boca.

Brigaram de novo.

Ela não via sentido.

Ele não enxergava um jeito. De voltarem a se enroscar.

Ela fechou os olhos e esticou os braços.

Não sentiu a boca dele.

Virou de lado.

E sonhou.

 

 

Kelly Shimohiro

Kelly Shimohiro

"Tudo é um ponto. E o ponto é você!" Autora de "O Estranho Contato".